31/03/2010

Combo Celebrity: Big Fama e um par de chifres acompanha!





"Não adiantou nada ganhar o Oscar, Sandra Bullock não tem tudo o que gostaria. O marido da atriz, Jesse James, tem pulado a cerca e a escolha da parceira é bastante polêmica, a modelo Michelle "Bombshell" McGee, totalmente tatuada (inclusive na testa) é o oposto de Sandra".(Vírgula.uol.com.br)

Mas que K-tsu acontece nesse mundo dos famosos?? Trocar seis por meia dúzia leva a pergunta "que vantagem Maria leva", agora, seis por zero-setenta e cinco... ah me economizem! Sr Fenômeno, se "confunde" e leva dois travecos pra casa (fenomenal, diga-se de passagem!); Principe da realeza britânica descarta uma Lady estonteante por uma tiazinha desejando bizarramente ser o "seu tampax" (ahn?); Tigrão ícone do Golf troca esposa lindíssima sabe lá por quem (coisa boa não devia ter sido, já que a Sra Tigrão sentou o taco de golf no fofo); Wood Allen (feio que dói) me pega a enteada (me pego pensando: na hora H o chama de Paizinho? ECAAAAA!!!!); Mr EX-President me marca toca e deixa vestígios de sua empolgação no vestido da estágui (isso é que é um programa de estagio não?! af...) e por aí vai...vão...foram...e continuam indo...

Cadê as histórias de amor? Não estou aqui querendo propagar as figurinhas de "Amar é", mas pô! Tenham ao menos um padrão de qualidade e uma boa dose de bom senso! Se não for pra ser como Tarcísio e Glória, John e Yoko, que encontrem então a sua "Brastemp": Brad e Angelina, Grazi e Cauã (mandou bem hein Grazi!)...e vivam felizes para sempre!

FERAS! CUIDEM BEM DE SUA BELA! VOCÊS PODEM ACABAR TENDO QUE ESCOLHER ENTRE A BRUXA DO MAR OU A DO 71...ISSO SE O BRUTUS E O SEU MADRUGA PERMITIREM É CLARO!

Indignei.

  ShareThis

30/03/2010

E aí? Quem É você? Qual a SUA verdade?




"Que pasara de ahora en adelante? Quien sabe. Solo me puedo enfocar en lo que estoy viviendo ahora. Estos años en silencio y reflexión me han fortalecido y me recordaron que el amor vive dentro de mi, que la aceptación la encuentro en mi interior, y que la verdad solo trae la calma."(Ricky Martin)

Acabo de ler na net que Ricky Martin assumiu sua homossexualidade. Não vou me centrar na sua orientação sexual ou falar sobre o tema "preconceito" em sí. Bem, na verdade, só para me pronunciar brevemente sobre preconceito, o que tenho a dizer é que ele só continua existindo, porque valores tão nobres como respeito e amor ao próximo, cederam lugar à ganância e ao individualismo.E ponto.

Enfim, o fato é que ler em seu blog a postagem e sentir em cada palavra uma sensação de alívio de alguém que há tanto tempo se anulou para permanecer na 'zona de conforto' e que agora com admirável resignação, abriu ou melhor, escancarou seu coração como fez, me comoveu de verdade.

Vivemos todos sob uma influência soberana da sociedade: ricos e pobres, famosos e desconhecidos. Cada um está fadado ao seu peso. TER um corpo esbelto, uma carreira bem sucedida, uma casa própria, filhos exemplares, o carro do ano, uma postura acima de qualquer suspeita... Tudo norteia o verbo TER e não o SER... E SER é saber olhar para dentro de sí, conhecer-se, escutar-se, respeitar-se, julgar-se, amar-se. Só assim podemos SER uma pessoa em plenitude. E isso é o popularmente dito: SER alguém na vida. Não é a sua profissão que te determina, tampouco suas aquisições materiais, quiçá sua orientação sexual. O que te determina como pessoa é exatamente aquilo de que vive fugindo todos os dias: seus próprios "monstrinhos". Encare-os, acolha-os e siga em frente.

Passamos tanto tempo no acostamento de motor ligado, querendo saber que saída pegar, daí, cedo ou tarde o combustível acaba ou a bateria descarrega...

E aí? Quem É você? Qual a SUA verdade?

  ShareThis

29/03/2010

Desejos de uma mulher de 30




A fase dos trinta anos, marca uma literal passagem na vida de uma mulher. Há dois anos (quase três diga-se de passagem), entrei para o "clubinho". Desde então, novas incumbências, prioridades, circunstâncias, são colocadas a prova. A começar pelo novo item na listinha de encomendas: creme anti-idade... um para a noite e outro para o dia. Mais R$70,00 no orçamento do mês. Fora o de celulite, o de corpo, o de mãos, o de pés...CARAMBA! POR QUE NÃO INVENTAM UM COMPACTO tipo 20 EM 1??? Melhor que isso! Por que tudo isso em uma só cápsula?! Devia ser como os celulares de hoje, em que se pode fazer E receber ligações (ooooh!), assistir a tv, ouvir músicas, tirar fotos, filmar, arquivar documentos em word, excel, powerpoint, e ainda enviar tudo por email!!!! EU QUERO UM COSMÉTICO COMPACTO QUE EXTERMINE RUGAS, CELULITE, ESTRIAS, MANCHAS DE SOL, FLACIDEZ, GORDURA LOCALIZADA, RESSECAMENTO DE COTOVELOS, JOELHOS E CALCANHARES, UNHAS FRACAS, CABELOS SECOS E PONTAS DUPLAS E DE QUEBRA, DEIXE MEUS PEITOS MAIORES E MINHA BUNDA EM PÉ!!!! Para o caso de um dia eu precisar disso tudo é claro...(nunca sabemos o dia de amanhã não é verdade?)

Depois vem o novo papel a encorporar na sua vida de trinta: a de nutricionista. Vivo lendo e relendo aquelas minusculas tabelinhas nutricionais, como um jogo de Super Trunfo, onde levo o produto com menor pontuação nos itens: Kcal, Gord.Trans, Gord.Saturadas e Carboidratos. Depois, tudo o que levar o nome Integral e Light. Em seguida, tudo o que conter grãos, ameixa, ômega 3 e colágeno. Ao final tenho um carrinho com mais produtos de limpeza que comida, onde a conta sempre ultrapassará R$120,00... mas que raio de economia é essa em que vivemos??? Tudo bem que minha lista de produtos de limpeza beira o absurdo...(desconfio que minha empregada anda tomando shots de água sanitária... pô! ninguém consome 5lt a cada 15 dias!!!! Nem que eu morasse no laboratório da NASA precisaria de tanta assepsia! Mas enfim, ela pede, eu compro...) Ainda no quesito reeducação alimentar (porque o termo "dieta" me causa ansiedade, logo, como), incluo no cardápio agora, farinha de linhaça dourada, aveia em flocos com farinha de maracujá, iogurte desnatado com adoçante STEVIA que é 100% natural é claro. Para os momentos de desespero, palitos integrais de gergelim que se assemelham aqueles palitos de couro de boi que se compra para entreter cães...(e entretem mesmo! passo mais tempo tendo cuidado em mordiscar um palito daqueles pra não quebrar um dente, que a fome de fato desaparece). Ah! Falando em farinha... ESQUEÇA TODA E QQ COISA QUE CONTENHA FARINHA BRANCA, REFRIGERANTE E FRITURA. (Senhor por que me fizestes culta ao invés de magraaaaaaaaaa?!)

Em seguida, vem a carreira. Dediquei 13 anos dos meus atuais 32, em uma empresa trabalhando na área de comunicação. Aprendi muito, fiz carreira, fiquei conhecida no mercado. No final do ano passado, em mais um trivial corte de custos corporativos, foi minha vez. Desde então, vivo um dilema entre me recolocar no mercado corporativo ou aproveitar a oportunidade (por mais inesperada que tenha sido) e tomar o rumo que de fato me dará prazer pelo trabalho em sí e não pelo prestígio ou remuneração que me dava até então. Aí está o novo dilemo da mulher de trinta: fazer o que gosta ou gostar do que faz. (entenderam o que está por trás dessa frase? a mulher de 30 entende)

Próximo tópico: filhos. Quando é a hora de decidir tê-los??? "Ah você vai sentir o momento"...não existe resposta mais inexata e que aguce ainda mais a minha indecisão do que esta... hoje o que tem determinado a minha hora pelo menos, se resume a um único relógio, o qual 'sentindo ou não o tal momento', mantem-se implacável...O RELÓGIO BIOLÓGICO! Esse tic-tac silencioso que avança minuto a minuto e estreita cada vez mais a relação gravidade e elasticidade...sim! sim! dramático, mas real!Além da física do físico, a relação a dois que se tornará a três ou quem sabe quatro - e não me refiro a nenhum menàge a trois ou uma animada swingueira - como continuar sendo mulher sedutora e criativa e tornar-me mãe dedicada e exemplar? Será que junto com aquele famoso instinto materno, brota dentro de nós um ".exe" para rodar tantos aplicativos distintos simultaneamente? BILL GATES, OUÇA MINHAS PRECES!

Bem entre tantos dramalhões, incertezas, convicções, sigo muito feliz com meus trinta e dois anos, e que da mesma forma será os próximos tantos que ainda viverei. Porque se viver é bom demais, achar razões para rir da vida é melhor, mas muito melhor ainda!!!

  ShareThis

10/03/2010

A incompreensão é um lugar totalmente confortável



Descobri um lindo refúgio para os tempos de angústia. Não é preciso carro para se locomover até lá. Não é preciso desembolsar nenhum dinheiro para passar quantos dias quiser por lá. Fica logo alí ou bem aqui: um lugar chamado INCOMPREENSÃO. Fazer-se de incompreendido, te leva ao mais conveniente dos lugares neste mundo. Lá ou aqui, tudo se pode, porque na terra da Incompreensão, você é a unica vítima. Tudo é a causa da tua situação. Está acima do peso? Ninguem compreende que é porque está ansioso ou triste ou simplesmente insatisfeito. Está de mal humor? Ninguem compreende que só você tem problemas de veras sério o bastante para tanta sentimento. Está carente? Ninguém compreende que só a você falta o "plus a mais" para se sentir completo. Ninguem compreende nada. Bem vindo a lândia da Incompreensão!Se quer ser vitima da circunstância para o resto da vida, viva nesse lugar. Não mude, se afunde. Não se desgaste querendo sair do comodismo. Se limite a justificar a sua vida, ao invés de vive-la em plenitude. Abomine os aprendizados, porque na terra dos incompreendidos, todos são auto-suficientes, auto-didatas. E quando for tua hora de partir, vá seguro de que terá uma passagem de volta aqui na Terra, para reviver exatamente o mesmo se assim o quiser. E continue, repetindo os mesmos erros, porque sempre terá a desculpa esfarrapada do ser incompreendido...

Dedico este post aqueles que decidiram deixar a terra da Incompreensão, sem olhar pra tras, que acolheram a humildade de pedir ajuda e se fazer compreendido, abandonando de vez, o conforto de vitima da circunstância.

"Pensando esses dias cheguei a conclusão de que o hábito de se fazer de vítima, coitadinho, algoz é uma das piores coisas que uma pessoa pode fazer a ela mesma. A auto-piedade gera uma cegueira descomunal nas pessoas, a pessoa praticamente se anula.

Quando não conseguimos enxergar nossas próprias sombras e damos um jeito de ficar colocando a culpa em várias outras coisas ou pessoas, perdemos a chance de enxergar em nós mesmos aquilo que estamos fazendo de errado, e aí perdemos a chance de crescer."

  ShareThis